• 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00
    • Texto e Foto

    Governo de Roraima e Banco do Brasil discutem linhas de créditos para servidores e empreendedores

    Há 3 meses 01/03/2019


    • 1
    • 1
    #GOVERNO


    Boa Vista | Uma parceria entre o Governo do Estado e Banco do Brasil que está sendo traçada vai oferecer linha de crédito com taxas reduzidas para todos os servidores estaduais (efetivos, comissionados, seletivados, temporários). O encontro com o governador Antonio Denarium ocorreu na manhã desta quinta-feira, dia 28.

     

    Segundo o superintendente Comercial Varejo do Banco do Brasil, Mario Marcos de Alcantara, o projeto que contemplará essa linha de crédito para servidor estadual está sendo estudado e em março deverá ser apresentado ao Governo do Estado. “As taxas serão diferenciadas. Os servidores, muitas das vezes, procuram financiadoras que oferecem taxas elevadas sem saber que o Banco do Brasil tem as menores do mercado”, disse.

     

    O benefício será ampliado a todos os servidores do quadro. Para o servidor efetivo, será disponibilizado o crédito consignado, e aos demais servidores, sem vínculo efetivo, outras modalidades de empréstimo, com taxas diferenciadas.

     

    “Queremos oferecer aos servidores condições de financiamentos com taxas reduzidas e atendendo as diferenças de categoria. Vamos aguardar o projeto do Banco do Brasil para adotarmos as medidas acerca do assunto”, disse Denarium.

     

    No bojo da linha de crédito constará também financiamento de carros (troca) e de imóveis (aquisição ou financiamento imobiliário). “As linhas vão atender as características de cada segmento de servidor”, enfatizou Alcantara.

     

    EMPREENDEDORES – Com a regularização fundiária em andamento, com o repasse de glebas da União para o Estado, o Banco do Brasil vai identificar grandes empreendedores do agronegócio em outros Estados que são clientes do banco para que conheçam Roraima e despertem interesse de investimento. “Vamos fazer um convite a esses empreendedores a conhecerem Roraima, com objetivo de implantar agroindústrias”, disse o superintendente.

     

    Para o governador, a intenção é atrair investidores para que Roraima desenvolva economicamente e o setor privado gere mais emprego para a população. “Alguns grupos agropecuários já estão dialogando com o nosso governo para fazer plantio e outros investimentos no Estado. Recebemos visitas e iniciamos um diálogo que é fundamental para Roraima crescer e se fortalecer economicamente”, complementou Denarium.

     

    A atuação vai contemplar também o pequeno produtor da agricultura familiar, que por meio das associações e cooperativas terá linha de crédito para incrementar a produção. Os recursos estão disponíveis pela Fundação Banco do Brasil.


    MAIS IMEDIATO